quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

TEMPO DE RECOMEÇAR O CICLO


O Inverno já vai a mais de um terço e é tempo de retirar as crisálidas de Papilio Machaon do frio artificial, para coloca-las na natureza. Como a temperatura no frigorífico é aproximadamente igual, à actual temperatura mínima do ar (aproximadamente 6 graus), é necessário colocar as crisálidas no exterior, para que, lentamente, se vão acostumando aos ciclos do dia e principalmente aos ciclos da temperatura e da humidade.
Quem utilizou este processo, então deve fazê-lo agora.
Convém que se coloquem as crisálidas com a zona abdominal/alar, para cima, pois só assim se consegue perceber a mudança de cor das asas, quando estiverem próximas de eclodir. Uma forma de ter a certeza que as crisálidas estão vivas, é pegá-las pela zona do tórax e verificar se mexem o abdómen. Se mexerem estão garantidamente vivas, pois é um comportamento de defesa. Se não mexerem, não quer dizer que estejam mortas, pode ser apenas que o revestimento queratinoso seja demasiado duro, ou pode ser que simplesmente não tenham qualquer reacção a este estímulo.

3 comentários:

Estrelar disse...

Pois... muitas das minhas crisálidas mexiam o abdomen quando as mudava de sitio.

Borboletas em Azeitão disse...

Olá! Agora estava a vasculhar o blogue e vi nuns comentários sobre as sementes de arrudas e crisálidas de papilio machaon que me encomendava e tambem disse que era quando acabassem de Hibernar e agora queria saber como é!

Butterkiko disse...

Já vi a mensagem msn mas como não posso ir lá muitas vezes:
As arrudas afinal não é perciso.
Agora a unica coisa que perciso é de crisálidas de Papilio Machaon, mas no máximo só quero 10!
E a morada depois na altura eu falo com os meus pais para me autorizarem-me a dar a morada!!!!

Ah, agora estou a criar lagartas de Vanessa Atalanta e Cardui e por acaso estas espécies foi as que tive mais sucesso é pena comerem muito...

E já tenho sementes de
Algodoeiro-Falso!!!

Borboletas em Azeitão